Foto: Ilustração
Preso

Um alagoano foi preso após se flagrado tentando fraudar as provas do concurso da Polícia Civil do Rio Grande do Norte. O caso foi registrado neste domingo, 11, na cidade de Natal.

A prisão aconteceu quando eram aplicadas as provas do exame intelectual. O homem, de 41 anos, estava com um equipamento proibido. 

Não há informações se o acusado chegou a utilizar o equipamento no certame ou se há participação de outras pessoas na tentativa de fraude.

"O inquérito policial foi instaurado e as investigações estão tramitando no Departamento de Combate à Corrupção (DECCOR). A PCRN informou que o certame segue o curso normalmente e reforça seu compromisso com a transparência perante a sociedade, em especial os candidatos, destacando que, caso sejam verificadas quaisquer outras práticas ilícitas, as medidas administrativas e criminais necessárias serão adotadas, com a responsabilização do(s) autor(es)", informou a corporação em nota.

A investigação segue em sigilo.

Concurso

Ao todo, o concurso teve 61.042 candidatos inscritos para concorrer às 301 vagas oferecidas - 230 para agente, 24 para escrivão e 47 para delegado.

 

*Com G1 RN