E Educação

E VOCÊ, A QUEM DARIA CARONA?

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

E VOCÊ, A QUEM DARIA CARONA?

por fábio soares campos


Foto: StockSnap / Pixabay

Aos poucos, o mundo pós-pandemia, vai voltando ao normal. Entre uma determinação proibitiva do governo aqui, um decreto permissivo ali. As coisas vão andando, lentamente pelo miolo do cotidiano. Especificamente no meu campo de trabalho, as escolas se preparam para o “novo normal”. 

Numa primeira aula, habituei-me a quebrar o gelo contando algumas histórias que fui garimpando pela vida. Na minha crônica de hoje contarei uma dessas histórias, que por sinal nem título tem. 

 

É uma história sobre desafios e oportunidades. Sobre, como nós seres humanos, devemos estar sempre preparados para os desafios, que a vida se nos apresenta. E ter resposta certa, na hora certa, no momento certo.

Começo dizendo: Uma empresa estava precisando preencher uma vaga, para determinado cargo. Muitos jovens assim como vocês, se candidataram àquela vaga. Todos os candidatos se saíram muito bem na prova escrita. Diante do impasse, o gerente da empresa requisitou a ajuda de um psicólogo, que foi até a sala dos candidatos, parabenizou-os pelo desempenho. Dizendo no entanto, que precisava tirar dali apenas um deles, o que iria ocupar a vaga do emprego. E propôs um desafio: Façamos o seguinte, eu lhes contarei uma história. Ao final farei uma pergunta, quem der a resposta correta, preenche a vaga. Topam? A turma topou.

E o psicólogo passou a contar: Um jovem muito rico, resolveu dar uma volta com seu mais novo carro de corrida, em uma autopista. De repente, ao passar num desses abrigos que as pessoas ficam esperando coletivos, ali estava: Uma velhinha, um médico, que o rapaz reconheceu como sendo o médico que um dia salvou a sua vida, e uma moça muito bonita, tão bonita que ao vê-la, ele pensou: é a garota dos meus sonhos! O carro esporte em que o jovem ia, só tinha vaga de carona, pra uma pessoa. A pergunta que o psicólogo fez: A quem o moço deu carona?

A cada turma de alunos as opiniões se dividem entre: A velhinha, o médico e a garota. Daí, faço uma votação. E termino dizendo: Nenhum de vocês, infelizmente, preencheria a vaga do emprego! E arremato: Existe uma resposta correta. E qual seria? Perguntam-me eles. Eis: O jovem desce do carro, entrega ao médico que vai embora com a velhinha. E ele fica no maior papo com a garota.

CROPPED [Peça de roupa feminina] palavra de origem inglesa que significa “Cortada”. Já faz algum tempo, eu trouxe esse termo pra uma crônica minha. Depois de publicada, lembrei de “Crupiê”, o banqueiro de jogo nos cassinos.

“Croupier: É o profissional de cassino, responsável, por, cortar, distribuir o baralho, e pagar aos jogadores vencedores de jogos como: Poker, Blackjack, Bacará, Poker Caribenho e Roleta. Para eventos que estejam ocorrendo apenas torneios de poker, esse profissional é conhecido por: DEALER.” 

“DEALER, palavra da língua inglesa que na tradução para o português significa “negociante”. Pode ser utilizada em vários contextos: “Car dealer”: Vendedor de carro; “Poker dealer”: banqueiro de jogo; “Drug dealer”: repassador de pequenas quantidades de drogas ilícitas. Fonte: Google.com.br”

QUAL O SIGNIFICADO DA SIGLA: VAR? NO ESPORTE.

“A sigla VAR significa: Vídeo Assistant Referee, traduzindo para o português: Árbitro Assistente de Vídeo. Sua função é analisar imagens para ajudar o árbitro principal de uma partida de futebol, a tomar a melhor decisão em lances duvidosos, como pênaltis ou impedimentos. FONTE: esportelandia.com.br

Nas próximas crônicas, contaremos outras histórias, que contamos aos nossos alunos, nas primeiras aulas.

UM POUCO DE HUMOR, PELO DIA DO IDOSO

Essa foi o cantor Ronnie Von que contou: O pai de 89 anos, se inventou de cortar uns galhos duma árvore. Caiu da escada se esborrachou todo. Uma vez no hospital foi reclamar: Mas pai o senhor nessa idade fazendo aquilo! Ele respondeu: -Meu filho, entenda! Na nossa mente, a gente nunca passa dos 25 anos. O problema é o corpo, que não corresponde.

TRÊS VELHINHAS conversando:

-Quando eu morrer quero ser CREMADA.

-Já eu, quero ser ENTERRADA mesmo.

-Pois eu, bebo tanto vinho, que quero ser ENGARRAFADA!

O humorista MAZAROPPI, explicando o que significado de CASAMENTO CIVIL:

-É assim, se servir serviu. Se não servi não serviu, e separa! Uai!

Pra saber se está ficando VELHO: Vá até uma árvore e dê uma mijada:

Se juntar formiga: DIABETES.

Se secar rápido: Muito SAL.

Se subir cheiro de carne: COLESTEROL ALTO.

Se não acertar a árvore: PARKINSON.

Se não achou a árvore: CATARATA.

Se esqueceu de abrir o zíper: ALZHEIMER.

O NETO NA CASA DA VÓ:

-Vó, aqui tem Netflix?

-Tem não, tem Dorflex.

Santana Oxente:: O MAIOR PORTAL DE NOTÍCIAS DO SERTÃO ALAGOANO

oxente_santana69@hotmail.com
www.santanaoxente.net

Newsletter

Receba noticias em primeira mão. Assine nossa Newsletter