N Nacional

Renan Calheiros ironiza "paciente" Bolsonaro: "Não tentou tratamentos alternativos, não pregou negacionismo"

Star InactiveStar InactiveStar InactiveStar InactiveStar Inactive
 

Renan Calheiros ironiza "paciente" Bolsonaro: "Não tentou tratamentos alternativos, não pregou negacionismo"

Coluna Labafero|
Renan Calheiros
Renan Calheiros / Foto: Reprodução / Internet

O senador por Alagoas, e relator da CPI da Covid, Renan Calheiros usou as redes sociais, neste domingo (18), para comentar os “métodos” utilizados pelo presidente Jair Bolsonaro, quanto a própria saúde e apontou discrepâncias de comportamento entre o ‘paciente’ e o ‘presidente’.

Sempre irônico, Calheiros afirmou que se o ‘paciente’ Bolsonaro cuidasse da saúde do País da mesma forma, e com os mesmos “métodos”, milhares de vidas teriam sido salvas.

“O paciente Bolsonaro não tentou tratamentos alternativos, não pregou negacionismo. Priorizou a ciência e a medicina. Se o paciente tivesse presidido o Brasil na pandemia, centenas de milhares de vidas teriam sido salvas”, postou Renan.

Horas depois, o senador voltou às redes para “retificar” e “resguardar” sua isenção por usar a expressão “paciente” ao se referir ao presidente.

“Quero me retificar, para resguardar minha isenção, a expressão “paciente” adotada em relação a Bolsonaro. Paciente ele ficou só no sentido clínico. No psiquiátrico, tuitou e atacou todos como sempre, impacientemente”, escreveu o relator da CPI da Covid-19.

Bolsonaro recebeu alta hospitalar neste domingo (18), após passar quatro dias internado, no Hospital Vila Nova Star, na Zona Sul de São Paulo. para tratar um quadro de obstrução intestinal.

 

 

Santana Oxente:: O MAIOR PORTAL DE NOTÍCIAS DO SERTÃO ALAGOANO

oxente_santana69@hotmail.com
www.santanaoxente.net

Newsletter

Receba noticias em primeira mão. Assine nossa Newsletter