13 ANOS

N Nacional

Em 1ª viagem, Lula celebra “relação de paz e crescimento” com Argentina “

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

Em 1ª viagem, Lula celebra “relação de paz e crescimento” com Argentina “

O Brasil está outra vez de braços abertos aos amigos argentinos”, afirmou Lula, que chegou a pedir desculpas “por todas as grosserias” que seu antecessor, Jair Bolsonaro (PL), dirigiu ao presidente Alberto Fernández e à própria Argentina por André Cintra Publicado 23/01/2023 15:39 | Editado 23/01/2023 16:00 “Hoje é a retomada de uma relação que nunca deveria ter sido truncada.” Assim o presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva (PT) qualificou o sentido de sua visita nesta segunda-feira (23) à Argentina, onde foi recebido pelo também presidente Alberto Fernández, na Casa Rosada, sede do governo. “O Brasil está outra vez de braços abertos aos amigos argentinos”, afirmou Lula, que chegou a pedir desculpas “por todas as grosserias” que seu antecessor, Jair Bolsonaro (PL), dirigiu a Fernández e à própria Argentina. O líder brasileiro afirmou até ter torcido pela Argentina na final da Copa do Mundo de 2022, no Qatar, em dezembro. “Achava que o Messi não poderia terminar a carreira sem ser campeão do mundo. Agora que foi, chega. É a vez do Brasil”, brincou. Lula enfatizou a prioridade que dará às relações diplomáticas e econômicas com o país vizinho. “Brasil e Argentina nunca devem estar distantes, nem nos aspectos econômicos, nem nos aspectos comerciais, sociais, científicos, esportivos e culturais”, disse Lula. “Vamos reestabelecer uma relação de paz, de crescimento, para retomar as relações Brasil e Argentina. Nossos empresários já compreendem e devem compreender cada vez mais a importância que a Argentina tem para o País.” Em 2019, pouco antes de se eleger presidente da Argentina, Fernández chegou a visitar Lula na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba. O brasileiro se emocionou ao lembrar o encontro e voltou a agradecer Fernández: “Não esqueço o gesto que o companheiro Alberto Fernandez fez ao me visitar quando eu estava na Polícia Federal, nem esqueço a solidariedade do povo argentino. Quero, de público, dizer ‘obrigado’, companheiro, por todo carinho que você demonstrou naquele momento difícil e pelo carinho que tem demonstrado nesta nova relação entre Argentina e Brasil”. Foi a primeira viagem internacional de Lula desde a posse, em 1º de janeiro, para seu terceiro mandato à frente da Presidência da República. “O primeiro país que visitei como presidente em 2003 também foi a Argentina”, lembrou o presidente. “Estou aqui para dizer ao presidente da Argentina, para os ministros e imprensa daqui que hoje é a retomada de uma relação que nunca deveria ter sido truncada.” Antes do pronunciamento conjunto à imprensa, Lula e Fernández assinaram atos e memorandos entre os dois países. Entre outros temas, Brasil e Argentina avançaram na tratativa para criar uma “moeda única” para transações comerciais. O presidente argentino declarou que o primeiro desafio dos dois países é “consolidar a democracia e as instituições”. Hoje, Brasil e Argentina estão às voltas com tentativas da direita e da extrema-direita de desestabilizar o Estado Democrático de Direito. “Vamos estar sempre ao seu lado e não permitiremos que algum delirante ponha em risco as instituições brasileiras”, disse Fernández a Lula. “Não vamos permitir que nenhum fascista se aposse da soberania popular.” TAGS ALBERTO FERNÁNDEZ, BRASIL, LULA AUTOR André Cintra Jornalista

Santana Oxente:: O MAIOR PORTAL DE NOTÍCIAS DO SERTÃO ALAGOANO

oxente_santana69@hotmail.com
www.santanaoxente.net

Newsletter

Receba noticias em primeira mão. Assine nossa Newsletter